O que é e como é calculado o IDEB?

Entenda o que é o IDEB e confira a nota de sua escola.

O IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) é o principal indicador usado para o acompanhamento da evolução da educação pública brasileira. No dia 08 de setembro de 2016 foram anunciados os resultados mais recentes, com informações atualizadas das escolas em 2015.

O IDEB é medido escola por escola, a partir da avaliação dos alunos ao final de cada ciclo de ensino, e é levantado a cada dois anos nas escolas públicas, que tenham no mínimo 20 alunos matriculados em cada uma das séries avaliadas (5º e 9º anos do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio).

Para calcular o IDEB da escola são utilizados dois critérios:

  • Taxa de aprovação:
    Proporção de alunos que foram aprovados, considerando todos os anos daquele ciclo;
  • Nota da Prova Brasil:
    Nota média entre as provas padronizadas nacionalmente de Matemática e Língua Portuguesa, obtida pelos alunos no final do ciclo e padronizada para ficar entre 0 e 10;
Ambos os critérios são combinados e geram, assim, um indicador com valor entre 0 e 10. Para ter um 10 na escola, todos os alunos daquele ciclo devem ter passado de ano e ter tirado uma nota equivalente a 10, tanto na prova de Matemática quanto na de Língua Portuguesa.



O mesmo cálculo é utilizado para encontrar o IDEB de um município, ao agregar os resultados de suas escolas utilizando os mesmos dois critérios citados anteriormente.

Deste modo, o IDEB é um indicador para o acompanhamento da evolução da qualidade da educação em todo o Brasil, com seus potenciais e limitações. Para os gestores educacionais, ele serve para embasar a formulação de políticas públicas, ao saber onde priorizar a destinação de recursos, além de fornecer dados para analisar o impacto de diferentes fatores na aprendizagem dos alunos ao longo dos anos. Para a escola, ele serve para o diagnóstico da qualidade do ensino em torno do que é avaliado, bem como para a definição de planos de ação para obter avanço em relação às metas assumidas pela escola.


Como posso comparar o IDEB de minha escola?
O Brasil é composto por realidades muito diferentes e não é apropriado comparar o resultado do IDEB de escolas em realidades muito distantes. Diferentes condições territoriais de infraestrutura, disponibilidade de bens e serviços e do nível socioeconômico dos alunos impactam diretamente nos resultados das escolas.

Para isso, o INEP criou um critério de semelhança entre escolas – o chamado perfil de “escolas similares” – para tornar mais justa essa comparação.

O perfil é composto por três critérios:

  1. Mesma microrregião geográfica: com isso a sugestão é comparar escolas entre municípios próximos, que apresentam semelhanças culturais e maior homogeneidade;
  2. Mesma localização: consiste na diferenciação entre escolas urbanas e rurais, com cada grupo apresentando suas peculiaridades;
  3. Níveis socioeconômicos similares: leva em conta o índice de nível socioeconômico (INSE), calculado também pelo INEP, a partir dos dados dos questionários que acompanham as provas, medindo o nível de escolaridade dos pais e da posse de bens e contratação de serviços pela família dos alunos;
Uma vez estabelecidos esses 3 critérios, fica mais simples entender como determinada escola está em relação a escolas similares.

Para conferir a nota IDEB para sua escola ou município, a MSTECH disponibilizou uma página para que você possa realizar a busca de forma simples e prática:



Para entender melhor como as notas na Prova Brasil, ENEM ou outras avaliações são obtidas, confira também o nosso e-book: AVALIAÇÃO EDUCACIONAL.


Por Bruno Penteado
Doutorando em ciência da computação no ICMC/USP na área de mineração de dados educacionais, mestre em ciência da computação pela UNESP/Bauru, onde também se graduou em sistemas de informação. Atua há mais de 12 anos na MSTECH.

 Compartilhe nas redes sociais: